Uma transação com cartão de débito pode ser revertida? Bem, há algumas situações que permitem o estorno de um cartão de débito. Entender como fazer esse estorno é essencial para um vendedor, que pode ver essa situação recorrente em seu negócio ao fazer vendas com valores errados ou quando um cliente quer retornar um item.

Como funciona uma cobrança no cartão de débito?

Contas correntes são contas geralmente mantidas em bancos nas quais o dinheiro é depositado. Esse dinheiro pode ser sacado diretamente do banco ou através de cartões de débito, o que permite aos varejistas transferir dinheiro da conta do titular do cartão para outra conta. Quando uma transação com cartão de débito é concluída, o dinheiro é retirado de uma conta e colocado em outra conta. Para reverter a transação, o dinheiro deve ser devolvido.

Estorno de cartão de débito

Uma transação com cartão de débito é juridicamente vinculativa. Quando o titular do cartão paga uma compra com cartão de débito, ele geralmente assina um recibo autorizando a transação ou insere um número de identificação pessoal. Em ambos os casos, o titular do cartão está dando permissão ao varejista e seu banco para mover o dinheiro. Para reverter a transação, ela deve ser feita com a permissão do varejista e de acordo com as leis e políticas bancárias relativas ao uso de cartões de débito.

Estorno de cartão de débito

Se a compra no cartão de débito precisa ser estornada, alguns passos pode contribuir para facilitar o processo. (Foto: The Digerati Life)

Reversão de transações

Quando uma transação é revertida, ela, como a transação original, deve ser autorizada pelo banco do titular do cartão e pelo banco do varejista. Geralmente, os bancos reverterão uma transação apenas se houver uma causa suficiente para anular a transação original. Por exemplo, se a transação foi feita de forma fraudulenta, os bancos geralmente estarão dispostos a reverter as cobranças. Da mesma forma, se foram cometidos erros na transação, os bancos podem reverter a transação para corrigir o erro.

O que é estornar uma venda?

Em alguns casos, uma transação não será revertida, mas, em vez disso, o varejista fornecerá um reembolso ao titular do cartão. Por exemplo, se o titular do cartão desejar devolver um item comprado de um varejista usando um cartão de débito, o varejista geralmente não procurará reverter a transação. Em vez disso, ele fornecerá um reembolso ao titular do cartão, geralmente transferindo a mesma quantia de dinheiro do banco para o banco do titular.

Como estornar uma venda na máquina de cartão pelo cartão de débito?

Em máquinas da Cielo ou mesmo máquinas de outras intermediadoras de pagamentos, o estorno seguirá um processo semelhante.

No menu principal, você terá opções como Menu ou Soluções. Escolha ou toque nestas opções.

Em algumas máquinas, como é o caso da Cielo, poderá ser solicitada uma senha. A senha padrão geralmente é o número 9 digitado 6 vezes. Após digitar, tecle entra.

Escolha à qual venda se refere o estorno. Se for da última venda, basta selecionar Sim para realizar o estorno.

A opção de estorno geralmente está disponível para cartões de débito e crédito. Escolha débito para o estorno.

A máquina poderá pedir o cartão usado pelo cliente. Insira o cartão que foi usado no pagamento da compra, juntamente com o dia da transação e número do documento no recibo da venda. Tecle entra.

Preencha então o valor da venda. Tecle entra e agora é só imprimir o recibo do estorno para o cliente.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos responder!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)