Como usar maquininha de cartão: passo a passo

Em Como pedir máquina de cartão por André M. Coelho

Embora cada marca de máquina de cartão de crédito seja ligeiramente diferente, a maioria opera da mesma maneira. Se você precisar usar uma máquina de cartão de crédito para processar pagamentos, não seja intimidado pela máquina, elas são projetadas para serem fáceis de usar. Vamos ver o passo a passo de como usar máquinas de cartão de crédito.

Como usar a maquininha de cartão: inserindo o cartão

Insira o valor a ser pago ou se você tiver o cartão de crédito na mão, deslize-o pelo leitor de cartões. Se for de chip, insira o cartão na máquina. A maioria dos leitores tem um pequeno ícone ou uma imagem sobre eles que mostra que maneira que o cartão deve ser inserido ou deslizado. Se não, tente executá-lo através do leitor com a faixa voltada para a máquina primeiro, já que essa é a direção mais comum.

Se você tiver um pedido por telefone, ou não tiver o cartão de crédito na mão, selecione o botão marcado “Venda”. Em muitas máquinas, esta é também a chave “1”, mas varia dependendo da marca da máquina. Em seguida, siga os prompts na tela para inserir o número do cartão e a data de vencimento. Sempre verifique os números antes de apertar entrar.

Obs.: insira o valor da transação e/ou insira o cartão. A ordem dos fatores aqui não altera o produto. Tenha certeza de escolher crédito ou débito, no entanto, para não surpreender o cliente.

Vendas na maquinha de cartão

Passos simples são necessários para que a venda seja feita na maquininha de cartão corretamente. (Imagem: Merchant Maverick)

Como mexer na maquininha de cartão: informações de venda

Introduza as informações de venda. Tipicamente, a máquina primeiro solicitará o valor das vendas em reais e centavos. Insira o valor usando o teclado numérico. Verifique novamente o valor para verifique se ele aparece corretamente na tela e, se ele for, então pressione ENTRA ou a tecla VERDE.

Se você acidentalmente inserir a quantidade errada, procure a tecla “Limpar/Amarela” ou “Excluir/Vermelha” e comece o excesso. Em alguns casos, a máquina solicitará informações adicionais depois de inserir o valor da venda. Siga às instruções para inserir informações na máquina, caso solicitado.

Obs.: as informações de venda podem vir antes ou depois de inserir o cartão. Novamente, a ordem aqui não altera o processo.

Como inserir a senha na máquina de cartão?

Aguarde a venda ser processada. O dono do cartão deverá inserir então a senha. Dependendo da conexão da máquina, a venda pode processar dentro de segundos ou pode demorar alguns minutos. Se a máquina parece ficar “presa” durante o processamento de uma venda, não entre novamente na venda, mas ligue para o número de telefone da empresa de processamento para obter mais instruções. Em muitos casos, esse número aparecerá em um adesivo na máquina.

Se a transação não concluir, geralmente só é preciso refazer a transação, ou pedir para o cliente trocar o cartão utilizado.

Imprimir o recibo da máquina de cartão

Processe o recibo. Se o cliente estiver presente, dê a eles a cópia e mantenha o original para seus registros. Se o cliente não estiver presente, escreva “telefone” ou outra frase apropriada na linha de assinatura do recibo. Mantenha um recibo para seus registros e inclua o outro no envio das mercadorias para o cliente.

Finalizando sua venda por cartão

Finalize sua venda verificando com sua empresa de processamento, mas a maioria exige que você execute um “relatório de lote” ou feche um lote de recibos de cartão de crédito todos os dias. Este é o processo que informa à empresa para finalizar as cobranças do cartão de crédito e depositar o saldo para sua conta.

Muitas máquinas terão uma chave que é marcada como “lote”. Você pode pressionar essa tecla e seguir os prompts para fechar o lote no final do dia. Se a máquina não tiver uma tecla “lote”, consulte o manual do usuário para obter instruções ou ligue para sua empresa de processamento de cartão de crédito para obter instruções.

O melhor mesmo é ir acompanhando pelo app ou site da empresa processadora de pagamentos. Assim, você poderá monitorar de forma mais eficiente os pagamentos.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Após ouvir relatos de seus clientes empresariais, André percebeu que existia o receio de aceitar cartões por motivos variados, desde custos até não saber como funcionava uma máquina de cartão. Sendo especialista em finanças e educador financeiro com mais de 300 horas em cursos, André decidiu escrever sobre as máquinas de cartão para ajudar seus leitores e os vendedores que querem entrar neste mundo dos cartões de crédito e débito.

Aviso legal

O conteúdo apresentado no site é apenas informativo com o objetivo de ensinar sobre o funcionamento do mundo financeiro e apresentar ao leitor informações que o ensine a pensar sobre dinheiro. O site Maquininha não faz recomendações de investimentos e em nenhuma hipótese pode ser responsabilizado por qualquer tipo de resultado financeiro devido a práticas realizadas por seus leitores.

Deixe um comentário