Ter uma conta comercial e pessoa jurídica possibilita que uma empresa aceite pagamentos com cartão. Mas e se você precisar aceitar pagamentos de cartão sendo pessoa física? Vamos aprender como uma pessoa física pode fazer uma máquina de cartão e aceitar pagamentos no crédito e no débito.

Máquina de cartão de crédito e débito para pessoa física: os custos

Para um negócio aceitar cartões pode ser um grande passo. Uma conta de comerciante exige um compromisso contratual e financeiro com um provedor de serviços comerciais. Há uma série de custos significativos para configurar, como a taxa de ativação da conta e o custo do aluguel/compra da máquina de cartão. Os custos contínuos incluem a taxa de serviço mensal mínima, o custo por transação e outros encargos. Pode haver cobranças associadas ao cancelamento da conta.

Para entrar em um contrato de máquina de cartão, uma pessoa física deve ter certeza de que processará um número significativo de pagamentos com cartão. Se não, eles ainda enfrentarão o pagamento da taxa de serviço mensal mínima por mês. Se a empresa não estiver ganhando receita adicional significativa oferecendo pagamentos com cartão, acabará perdendo dinheiro. Para muitas empresas, uma máquina de cartão faz sentido, mas para algumas pequenas empresas e para os autônomos, uma conta de comerciante tradicional não é uma opção viável, mesmo que sua “empresa” seja uma pessoa física.

Máquina de cartão para pessoa física: os tipos de máquina de cartão

Anteriormente, para as pequenas empresas que não podiam justificar o investimento em uma máquina de cartão, aceitar pagamentos com cartão não era uma opção. No entanto, desenvolvimentos recentes levaram ao desenvolvimento de leitores de cartão de celular que funcionam com um smartphone ou tablet e não exigem que a pessoa tenha um CNPJ. Mesmo máquinas de cartão tradicionais podem ser usadas por pessoas físicas hoje em dia.

Existem várias empresas no Brasil que oferecem este tipo de dispositivo. Para obter detalhes sobre todas as empresas, é bom pesquisar sobre leitores de cartões móveis e pesquisar as opções de aluguel, taxas, portabilidade, entre outras características da máquina de cartão.

Se um CNPJ não é uma opção para você, mas você ainda deseja aceitar pagamentos com cartão, pode valer a pena investigar um leitor de cartão móvel, que é barato e prático para aceitar pagamentos no cartão.

Máquina de cartão

Pessoas físicas também podem aceitar cartões com diferentes opções, basta escolher a certa para suas necessidades. (Foto: The Mileage Club)

Máquina de cartão online para pessoa física

Se você vende online, uma maneira fácil de fazer isso é com facilitadores e pagamento, tais como Paypal, PayU, MercadoPago e PagSeguro. Estas ferramentas integram-se facilmente ao seu site, e você pode personalizar a página de destino e o esses facilitadores são altamente reconhecidos e confiáveis por possíveis clientes. É gratuito para configurar como um comerciante através dessas empresas e as únicas taxas que você paga são as vendas feitas. Essas empresas aceitam pagamentos com cartão de todas as principais empresas de cartão e você também pode conectar com sua conta bancária.

Custos de transação para máquina de pessoa física

Como as transações fazem parte de uma conta de CNPJ, as taxas podem ser um pouco diferentes. Embora isso facilite o entendimento das taxas de transação, isso também resulta em taxas menos econômicas. Por exemplo, um CNPJ paga as mesmas taxas por transação e tem mais margem para a negociação, independentemente de quantas transações elas processem. Isso pode ser bom para um negócio com menor volume de transações. Mas, como um negócio processa mais transações, uma conta de comerciante tem a capacidade de oferecer planos de tarifas mais flexíveis que podem oferecer mais economia com maior volume. Os planos de taxa da conta do comerciante podem ser mais complexos, mas baseiam-se nas necessidades e qualificações de cada comerciante e, geralmente, custam menos. Outra coisa a notar é que máquinas e sistemas de cartão para CNPJ podem ter custos mensais extras, caso não haja um volume mínimo de vendas.

Custos das máquinas de cartão

O custo para pessoas físicas e pessoas jurídicas é geralmente o mesmo, embora algumas empresas ofereçam promoções para equipamentos de processamento gratuitos. Para os vendedores que tem necessidades maiores na loja, os provedores de serviços comerciais também oferecem uma opção para terminais POS ou sistemas TEF. Vale lembrar que empresas hoje oferecem opções tanto para aluguel quanto para compra das maquininhas, e é importante pesquisar os custos de taxas, tarifas e mensalidades para ver o que vale a pena para o seu negócio.

Forma de pagamentos aceitas pela máquina de cartão

Máquinas de cartão para pessoas físicas aceitam todas as mesmas formas de pagamento do que máquinas de cartão para pessoas jurídicas. O que é diferenciado mesmo são as tarifas, as taxas e os tipos de máquinas disponíveis.

Suporte ao cliente para a máquina de cartão

O suporte ao cliente oferecido pela empresa tem que ser bem avaliado por quem usa os serviços. Os fornecedores de serviços de máquina de cartão geralmente oferecem um nível mais alto de suporte ao cliente, incluindo assistência para configuração, e a capacidade de solucionar problemas de problemas por telefone, bate-papo ou e-mail. Tanto opções para pessoas jurídicas quanto para pessoas físicas devem oferecer bom atendimento. Pesquise para não se arrepender com um mal atendimento depois.

As pessoas físicas que tem um volume maior de vendas, oferecem mais produtos ou precisam de mais suporte a clientes e empresas, devem considerar a criação de uma conta tradicional CNPJ, para ter mais opções.

Conseguiu sua máquina de cartão para pessoa física? Como escolheu?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)